Durante toda sua vida um casal sempre terá de tomar decisões. E muitas das mais importantes, envolvem questões financeiras, tais como:

  • comprar ou alugar o imóvel,
  • morar no interior ou em uma cidade grande,
  • viajar para o exterior ou dentro do país,
  • poupar para o futuro ou viver bem agora.

Agora imagine a cena: um marido que ganha bem, mas que está absolutamente afundado em dívidas. Ele se recusa a contar para a mulher que estava devendo há mais de seis meses no cheque especial. Qual será o resultado? Provavelmente a esposa manterá o padrão de compras e luxo, até que o cartão de crédito simplesmente seja recusado. A conversa provavelmente será quente, com a confiança do casal totalmente abalada e problemas de relacionamento poderão atingir a paz matrimonial.

Problemas financeiros acabam com a confiança

Esta cena é infelizmente mais comum do que se pensa. O dinheiro e, principalmente a falta dele, causa muitas brigas. Pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) de 2016 ouviu 810 mulheres de todas as classes sociais nas capitais e no interior do país. Entre as casadas, a administração do dinheiro apareceu como o principal motivo de brigas dentro de casa (37,5% das respostas). Em segundo lugar, ficou a falta de dinheiro, citada por 31,5% das entrevistadas. Nem a divisão de tarefas domésticas (25,7%), o ciúme (19,6%) e a forma de educar os filhos (17,15%) parecem gerar tanto estresse no cotidiano a dois – o que reafirma o potencial do dinheiro para azedar a relação e, inclusive, levar ao divórcio.

Resolva os problemas financeiros do casal com nossa ajuda

problemas financeiros casalAnalisando esta situação, o Hospital das Finanças criou a Terapia de Casais. Um programa para trabalhar comportamentos e promover a comunicação do casal em termos financeiros, mostrando a importância  da conversa e planejamento da vida financeira a dois.

Este programa, de 3 aulas presenciais, faz o casal refletir sobre as finanças, além de permitir uma análise do perfil de cada um. Isto fará com que o casal consiga planejar como farão a organização da vida a dois. Alguns dos temas abordados são:

  • A importância de definir planos e metas para a vida a dois.
  • Alinhar o planejamento financeiro do casal ao que desejam alcançar
  • Infidelidade financeira, o que é e como evitar.
  • O papel do dinheiro no seu relacionamento
  • Como conciliar salários diferentes?
  • Filhos? Carros? Imóveis? Como discutir financeiramente estes temas?

Ficou interessado? Preencha seu e-mail abaixo para receber mais informações, além de um desconto exclusivo para a próxima turma do curso.

 

Afinal, não basta escovar os dentes juntos.Falta de conversa e de metas sobre as finanças a dois é briga na certa. É preciso compartilhar as prioridades financeiras. Isto significa manter os laços de comunicação abertos, ter cumplicidade e é um sinal de verdadeira amizade. Não permita que problemas financeiros atrapalhem o amor. 

Share This
× Converse conosco